Notícia

Presidente da Câmara, Fernando Torres vai à Justiça para cancelar contrato com emissora de tv

O presidente da Câmara alega que o valor estipulado para o contrato de prestação de serviço é "absurdo"
Presidente da Câmara, Fernando Torres vai à Justiça para cancelar contrato com emissora de tv Presidente da Câmara, Fernando Torres vai à Justiça para cancelar contrato com emissora de tv

Renovado em dezembro de 2020, o contrato da Câmara Municipal de Feira com uma emissora de tv web deverá ser cancelado. Esse é o desejo do presidente da Casa, vereador Fernando Torres (PSD).

De acordo com Fernando, em contato com o Protagonista, o aditivo de 12 meses, com valor de R$ 145 mil, foi concedido pela gestão anterior da Câmara – vereador José Carneiro (MDB).

“Os valores envolvidos são absurdos. A extensão do contrato aconteceu em dezembro. Vamos acionar a Procuradoria da Câmara, quando o novo procurador estiver nomeado, e vamos buscar reverter essa situação”, informa Fernando Torres.

Procurado pelo Protagonista, o ex-presidente da Câmara, vereador José Carneiro Rocha, disse que não há nada de irregular na prorrogação do contrato. “Podem investigar ou tentar cancelar, mas não há nada de anormal”, diz.

O contrato, ganho em licitação, foi prorrogado entre a Câmara Municipal e a TV Geral – que está em atividade há vários anos -, para transmissão das sessões da Câmara e produção de conteúdo em vídeo.

O Protagonista foi informado que existe uma multa em caso de rompimento do contrato. Não conseguimos o valor estipulado para a rescisão.

 

 

Comentários (0)

Leia mais

Publicidades