Notícia

Policiais militares têm dificuldade para fazer exame de Covid pelo Planserv

Os servidores estaduais usuários do convênio podem ser submetidos a uma  autorização do plano
Policiais militares têm dificuldade para fazer exame de Covid pelo Planserv Policiais militares têm dificuldade para fazer exame de Covid pelo Planserv

Apenas dois laboratórios, na Bahia, estão aceitando o Planserv para realização do exame de diagnóstico de Covid 19, o que tem dificultado o acesso de policiais militares ao serviço, protesta o vereador Sargento Josafá Ramos (Patriota). Em pronunciamento na Câmara, ele disse que, além das poucas opções, os servidores estaduais usuários do convênio podem ser submetidos a uma  autorização do plano, para ter acesso ao procedimento.

O vereador critica o atendimento “precário” do Planserv e responsabiliza o Governo da Bahia pela situação “vergonhosa e deplorável” a que os militares estão sendo submetidos nesta pandemia. Para o vereador, deveria ser uma prioridade do Estado o monitoramento da saúde desses profissionais da segurança, que "trabalham na linha de frente" da defesa dos cidadãos e por isto estão permanentemente expostos".

O que está atenuando o problema é a alternativa que a PM passou a oferecer aos seus integrantes, às terças e quintas,  com a realização do exame PCR no 1º Batalhão de Ensino, Instrução e Capacitação (Beic). Josafá parabeniza a equipe da Unidade Básica de Saúde do 1º  Beic, pelo “esforço grandioso” desta  iniciativa. Ele conversou com uma subtenente do  Colégio da Polícia Militar (CPM), que precisou recorrer ao Batalhão para fazer o teste da Covid-19 e "ficou maravilhada com o atendimento". 

Comentários (0)

Leia mais

Publicidades