Notícia

"Pobreza menstrual" de mulheres feirenses é assunto na Câmara de Vereadores

O autor da proposta, vereador Galeguinho SPA (PSB), pede à Mesa Diretiva para que a matéria tramite em regime de urgência
"Pobreza menstrual" de mulheres feirenses é assunto na Câmara de Vereadores "Pobreza menstrual" de mulheres feirenses é assunto na Câmara de Vereadores

Tramita na Câmara Municipal de Feira e Santana um projeto de lei que tem como objetivo combater a pobreza menstrual ou precariedade menstrual, que é a falta de acesso a produtos para manter uma boa higiene no período da menstruação. O autor da proposta, vereador Galeguinho SPA (PSB), pede à Mesa Diretiva para que a matéria tramite em regime de urgência.  

“Sabemos que 25% dos estudantes de escolas públicas deixam de ir ao colégio porque não têm condições de comprar um simples absorvente. Vivemos num país em que 90% da população é pobre. Então, faço um apelo aos colegas para que este projeto seja implantado em nosso município. Que este projeto seja tramitado em caráter de urgência para que a gente possa implantar no próximo ano a distribuição gratuita”. De acordo com o parlamentar, sua proposta ordena a distribuição gratuita de absorventes em escolas públicas, presídios, além de pessoas em vulnerabilidade social, que vivem nas ruas.

Na semana passada, a condição de pobreza menstrual ganhou espaço nos noticiários do país após o veto do presidente Jair Bolsonaro ao projeto que prevê a distribuição do item a estudantes de baixa renda de escolas públicas e pessoas em situação de rua, entre outros públicos. A matéria foi aprovada pelo Congresso em setembro.

(Com informações e foto: Ascom da Câmara 

Comentários (0)

Leia mais

Publicidades