Notícia

Direção do PROS desabafa e cobra acordo do prefeito Colbert

O desabafo está em uma nota enviada ao Protagonista pela Executiva Municipal do PROS
Direção do PROS desabafa e cobra acordo do prefeito Colbert Direção do PROS desabafa e cobra acordo do prefeito Colbert

“A forma que o partido está sendo tratado não condiz com o esforço realizado na campanha”. O desabafo, direcionado ao prefeito Colbert, está em uma nota enviada ao Protagonista pela Executiva Municipal do PROS.

O partido apoiou a campanha do prefeito Colbert. A insatisfação é motivada pela “falta de diálogo”, segundo argumenta a direção municipal do PROS.

A seguir, a nota na íntegra, assinada por Antônio Carlos Dias de Almeida, o Carlinhos Mocotó, presidente municipal e secretário de Comunicação do PROS estadual:

“O PROS fez parte da parte da coligação majoritária que reelegeu Colbert Martins para prefeito de Feira de Santana nas eleições de 2020, crescendo mais de 127% em relação à eleição de 2016.

Esse crescimento se deu devido à organização, à coragem, perseverança e empenho dos 32 candidatos a vareador, homens e mulheres, que colocaram seus nomes para serem avaliados e, tendo como objetivo principal, ajudar na campanha de prefeito.

Esse trabalho resultou em 17.172 votos. No segundo turno foram à luta para conquistar a vitória para colocar Colbert Martins no Paço Municipal, sendo um dos partidos que mais contribuiu para a reeleição do mesmo.

Porém, a forma que o partido está sendo tratado não condiz com o esforço realizado na campanha. Até o presente momento não foi chamado para conversar sobre os compromissos assumidos. Tendo como resultado a convocação por parte da Executiva Municipal uma reunião extraordinária do PROS para os próximos dias, com intuito de avaliar e decidir qual o caminho seguir, já que compromissos que foram assumidos com o partido ainda não se concretizaram. Os correligionários do PROS estão à espera do prefeito Colbert Martins”, diz a nota.

O Protagonista tentou contato com o prefeito Colbert, mas não conseguiu até a publicação da nota do PROS.

 

1 Comentário
Anônimo

Espero que está "falta de diálogo" não seja o partido querendo cargos, afinal estamos vivendo um novo momento, onde este "toma lá da cá", devido ao nosso presidente, está em desuso!


Publicidades