Notícia

Auditoria em salários de servidores ativos e inativos da Prefeitura de Feira é prorrogada novamente

As auditorias começaram a ser realizadas em março de 2021, verificando a regularidade dos valores pagos aos servidores públicos da Prefeitura de Feira
Auditoria em salários de servidores ativos e inativos da Prefeitura de Feira é prorrogada novamente Auditoria em salários de servidores ativos e inativos da Prefeitura de Feira é prorrogada novamente

Está prorrogada, pela segunda vez, a conclusão da auditoria para avaliação das folhas de pagamento dos servidores ativos, inativos e pensionistas do Município. A decisão está publicada na edição desta sexta-feira (15) no Diário Oficial Eletrônico do Município.

A auditoria está a cargo da Controladoria Geral do Município. "Considerando a necessidade de estender o prazo para encerramento dos trabalhos de auditoria para avaliação das folhas de pagamento dos servidores ativos, inativos e pensionistas do Município, fica prorrogado, por mais 30 dias, o prazo para conclusão dos trabalhos", diz trecho do Diário.

As auditorias começaram a ser realizadas em março de 2021, “verificando a regularidade dos valores pagos aos servidores públicos”. A Controladoria Geral realiza auditoria nas folhas de pagamento dos servidores ativos da administração direta e indireta, e também dos inativos e dos pensionistas.

Para justificar a auditoria o governo diz o seguinte: “considerando que a despesa com pessoal ativo, inativo e pensionistas possui uma enorme relevância para as finanças municipais; considerando a observância dos limites legais de gastos com pessoal e o atual cenário de comprometimento das receitas municipais com a folha de pagamento; considerando que a situação financeira do Município requer ações que possam resultar em economia de gastos”.

 

Comentários (1)

O problema é que têm muitas empresas terceirizada e cooperativas, e o servidor efetivo sem aumento, comparando um assistente administrativo de empresa terceirizada é bem mais pago e ainda recebe vale refeição, e o efetivo com salário mínimo e sem nenhuma gratificação, a folha está inchada e isso não é culpa do funcionário efetivo e ainda teve um aumento no desconto da previdência e parcelou sem informar nada ao servidor. Muito triste a situação do funcionário público da PMFS. Dia 28 é nosso dia, e vamos comemorar o que?

Leia mais

Publicidades