Notícia

Áudio vazado de secretário de Saúde sobre vacinas causa espanto e indignação; Colbert reage

O secretário Fábio Villas Boas argumentou que a quantidade era pequena para distribuir em todo o estado
Áudio vazado de secretário de Saúde sobre vacinas causa espanto e indignação; Colbert reage Áudio vazado de secretário de Saúde sobre vacinas causa espanto e indignação; Colbert reage

Repercutiu mal, principalmente nas redes sociais, um áudio vazado do secretário estadual de Saúde, Fábio Villas Boas, onde ele revela ter destinado 40 mil doses de vacinas contra covid-19 para serem usadas apenas em Salvador, quando deveriam ser distribuídasno estado.

As doses deveriam, mesmo em pouca quantidade, serem distribuídas com os demais 416 municípios baianos. Um dos que reagiu à decisão unilateral do secretário foi o prefeito Colbert Filho. “O secretário não poderia agir por conta própria e privar os outros municípios baianos de receber as doses, mesmo que em pouca quantidade. Um absurdo!”, protestou Colbert em entrevista ao Acorda Cidade, na manhã desta quarta (7).

Reação também na Câmara Municipal de Feira de Santana. O vereador Lulinha (DEM), líder da base governista, se manifestou na tribuna da Casa. "As vacinas eram para serem distribuídas com todos os baianos e não para privilegiar os soteropolitanos. O secrerário errou", pontuou Lulinha. Veja a transcrição do áudio a seguir:

"Estela, peço que você explique aos colegas secretários municipais, que essa quantidade de vacinas é muito pequena para distribuir para todo o Estado. Nós teríamos que gastar o dia de amanhã para fracionar e enviar para todos os municípios, que iriam receber isso na quinta-feira, e poder vacinar só na sexta. Nesta quinta, o Ministério já vai mandar um novo lote de vacinas, e Salvador está aqui do lado, é só pegar no almoxarifado e distribuir. A decisão que eu tive que tomar, rapidamente, foi com essa intenção: de poder não prejudicar o município maior da Bahia, e poder fazer com que essas vacinas sejam utilizadas o mais rápido possível, em 48 horas".

 

 

Comentários (5)

Esse secretário só dá mancada, é declaração contraditório pra todo lado, o cara está sempre com aspecto sonolento ou preguiçoso. Sei não, viu...
Sem áudio, sem credibilidade
TUDO FARINHA DO MESMO SACO ISSO NÃO COLA MAIS ESSE CIRCO PMDB PT DEM TODOS COMMUNISTA
A Bahia nas mãos de péssimos gerentes.
Cadê o áudio?

Leia mais

Publicidades